fbpx

As 7 ferramentas que todo mundo deveria usar ao abrir uma empresa

Abrir empresa

Empreendedores que querem abrir uma empresa e estão em busca de conhecimento às vezes não muito tempo para anos de estudos e teoria.

Muitos procuram uma alternativa mais prática para aprender e aplicar no negócio, sempre pensando em otimizar tempo, facilitar a operação e vender mais.

Ainda mais se o empreendedor está afim de ganhar dinheiro em um momento de crise. Aí sim essas ferramentas podem ajudar a produzir mais focado, melhor e ter resultados ágeis.

Sabemos que você já leu muito sobre gestão de negócios, mas às vezes faltam aquelas instruções mais práticas, que vão ajudar você a transformar o que aprendeu em ações no dia a dia na empresa.

Por isso separamos as ferramentas para empreendedores que querem ir direto ao ponto e aplicar teoria no cotidiano do negócio.

São metodologias e materiais que abordam temas como gestão, planejamento estratégico, validação, gestão do tempo, vendas e marketing. O pacote completo para quem quer empreender!

Se você quer abrir uma empresa, não abra mão de usar essas ferramentas 👇🏽

1 – Descobrindo tudo sobre o negócio

Ideal para planejar ou repensar as estratégias de uma empresa, o Business Model Canvas serve para quem está um pouco perdido sobre como será o negócio, quem são os clientes, principais fornecedores, quanto vai ser necessário de recursos, entre outros.

Em uma página, o BMC provoca de forma simples e visual a apresentação do modelo de negócios da sua empresa.

No Canvas você vai adicionar informações sobre os pilares de um negócio:

  • Segmentos de clientes
  • Proposta de valor
  • Canais
  • Relacionamento com o cliente
  • Fontes de receitas
  • Recursos-chave
  • Atividades-chave
  • Parcerias-chave
  • Estrutura de custos

O Business Model Canvas é considerado estratégico porque constrói uma comunicação integrada entre cada quadrante. Um, de certa forma, responde o outro.

Assim o dono do negócio consegue visualizar de forma abrangente e sistêmica as informações mais importantes sobre empresa para agir com segurança.

Download do Canvas
2 – Escolhendo a melhor oportunidade

Sua cabeça está fervilhando de ideias e você não sabe ao certo como transformá-las em algo que dê dinheiro?

Pois a ferramenta Análise 360° da oportunidade de negócio pode ajudá-lo a verificar se sua ideia é viável ou não, identificando públicos, quanto ela poderia gerar de faturamento, entre outros dados importantes.

A análise funciona bem para empreendedores de primeira viagem e serve para identificar e avaliar entre várias ideias qual representa a melhor oportunidade.

Também ajuda a guiar o empreendedor para refletir sobre suas vontades e necessidades e relacioná-las a aspectos internos e externos do negócio.

Não é difícil usar a ferramenta.

A dica fundamental é analisar uma ideia de cada vez.

  1. O primeiro passo é avaliar a relação da ideia com o mercado, para estimar sua viabilidade.
  2. O passo seguinte é pensar na ligação entre ideia e perfil do empreendedor. A melhor delas será a que conseguir equilibrar melhor os dois passos.

Afinal, de nada adianta ter uma boa ideia de negócio, mas não querer trabalhar exatamente com aquele mercado.

Mas, que fique claro, infelizmente a ferramenta não é uma bola de cristal!

Ela não pode prever o seu futuro nos negócios, mas certamente vai ajudar a apontar caminhos para uma jornada bem sucedida.

3 – Para criar um negócio inovador

O design, muito mais do que uma metodologia para desenvolver produtos e serviços, pode ser adotado para elaborar estratégias empresariais.

Basicamente o Design Thinking é inovação centrada no usuário.

A metodologia tem como objetivo desenvolver experiências de consumo que sejam:

  • Desejáveis pelo usuário
  • Lucrativos para o negócio
  • Viáveis tecnologicamente

Para isso, ela se classifica em quatro etapas:

  1. Indicação
  2. Inspiração
  3. Ideação
  4. Implementação

Parece simples, porém se a ideia não passar pelos elementos acima, dificilmente sobrevive à etapa de implementação.

Por isso, use a metodologia para alcançar agilidade na proposição de ideias do seu negócio.

4 – Quando 24 horas do dia é pouco!

Na correria do dia a dia já é praticamente impossível diferenciar demandas urgentes das importantes.

A rotina frenética do empreendedor muitas vezes mantém ele ocupado boa parte da rotina com o operacional da empresa, ao invés de permitir que se mantenha focado em decisões estratégicas.

Quando falamos em como administrar o tempo, com a Matriz de Gestão do Tempo dá para priorizar as atividades e organizar melhor o dia a dia na empresa. A ferramenta conta com quatro quadrantes incluindo tudo o que é:

  1. Não importante e urgente
  2. Importante e urgente
  3. Importante e não urgente
  4. Não importante e não urgente

Cada um deles possui uma ação a ser tomada, desde “faça imediatamente” até “elimine da sua lista”. Uma forma objetiva e pontual de organizar seu dia e otimizar o tempo.

5 – Para vender mais que um produto

Todo produto soluciona (ou deve resolver) um problema do consumidor.

O consumidor não escolhe e compra somente pela praticidade. Ele pode ser motivado por outros gatilhos, que podem se tornar o seu diferencial na hora da venda.

Para descobrir qual é o seu diferencial aposte na ferramenta Job To Be Done para empreendedores.

Ela vai te ajudar a:

  • Definir produtos ou serviços que você deve oferecer
  • Descobrir tarefas que seu produto executa para o consumidor
  • Priorizar jobs para ampliar as vendas
  • Aprender com outras soluções que solucionam problemas semelhantes
  • Criar uma experiência de consumo
  • Validar a experiência com os consumidores

6 – Conhecendo melhor seu público

Entender as reais necessidades de seus futuros clientes é um jeito de criar algo relevante. Invista nessa ferramenta se você quer compreender o que os seus clientes desejam!

O Mapa da Empatia ajuda o empreendedor a criar produtos realmente bons a partir da perspectiva do cliente.

A ferramenta é bastante visual justamente para orientar o brainstorming de novos produtos ou serviços.

O mapa serve de apoio para entender o que o cliente diz, faz, vê, pensa, sente e ouve. E também para identificar suas dores, problemas e dificuldades ao consumir e o que é possível fazer para atender e superar suas expectativas.

Mapa da empatia

7 – Por uma campanha de marketing matadora

A lógica AIDALA pode ser aplicada em sua empresa para desenvolver um plano de marketing focado na formação de clientes mais leais à sua marca.

A partir das perguntas feitas em cada fase do método, é possível decidir sobre os 4 Ps (Preço, Praça, Promoção e Produto).

Use o formulário para desenvolver uma base progressiva de clientes fiéis. Mas antes de mais nada, reflita sobre o posicionamento do seu negócio.

Agora que você já conhece algumas das melhores ferramentas para empreendedores de sucesso, que tal utilizar em sua rotina?

E não esquece de compartilhar aqui sua experiência com alguma ferramenta que não entrou na minha lista👇🏽

Deixe o seu comentário